Erro em cobrança de produto não configura dano moral